20 Mar

Minha experiência pessoal me diz que há muita mudanças, não só física, psicológicas e financeiras que vêm junto com a experiência de ter um filho. Isso vai além. Acho que nossa forma de vivenciar experiências artísticas também mudam. Nesta primeira postagem, quero fazer uma pequena retrospectiva de um dos primeiros trabalhos que realizei depois da experiência de ser mãe: o projeto “Partejar”.

O projeto foi concebido em 2011, juntamente com outras duas mães: Bruna Ruano e Luciana Navarro.

Com a proximidade do segundo aniversário de nossos pequenos, acredito que estávamos vivendo o término de um primeiro ciclo, período em que compartilhamos experiências desde a gestação, parto e criação de nossos bebês. Estávamos à flor da pele com nossos relatos e indignações de como esse processo, principalmente o do parto, tornou-se tão mecanizado e afastado de seus protagonistas: mães, pais e bebês.

Assista ao video que resume o projeto!